Tendo por base o conceito de Branding, fará sentido que a marca mantenha as suas características durante algum tempo mas isso significa que ela não evolua ou se reestruture. A marca é orgânica e necessita de se lapidar, atualizar, e até reestruturar completamente, de forma a responder ao mercado em constante mutação. Para perceber se necessita de fazer rebranding, existem algumas questões que deve levantar relativamente à sua empresa e marca:

  1. Será que a pesquisa sobre o consumo revela uma lacuna entre as atitudes dos consumidores e as crenças em relação à sua organização e à sua percepção da marca desejada?

  2. Será que a sua marca está em consonância com a estratégia de negócio da empresa, metas e programas?

  3. Está a entrar em novos mercados, ou a introduzir novos produtos/serviços que já não correspondem ao posicionamento da organização?

  4. A organização “ultrapassou o seu nome” ao não prever um nome amplo o suficiente para os negócios de hoje e de amanhã?

  5. Os níveis de receita, margem de lucro e distribuição estão abaixo das suas expectativas ou do potencial da sua empresa?

  6. Tem mudanças estruturais a ocorrer no negócio, por exemplo, fusão ou aquisição, cisão, mudança de gestão?

  7. As percepções de marca, mensagens e imagem estão ultrapassadas e não refletem o potencial de força de mercado da organização?

  8. Tanto a equipa de liderança como todos os principais interessados (shareholders) alinhados em torno da ideia de que a organização precisa de novas estratégias mais ousadas?

  9. A organização tem os recursos (tempo, dinheiro e pessoas) necessários para fazer o rebranding e se reposicionar adequadamente?

  10. O portfólio da marca, com base em marcas novas ou adquiridas, não conta uma história clara sobre a organização?

A resposta a estas perguntas será um forte indicador se deve apostar num processo de Rebranding. Tal como o Branding, este é muito mais do que uma operação estética e por isso não pode ser encarado de forma leviana. Saiba se está na altura de dar à sua marca um novo rosto.

1. Queda nas vendas
Se já tentou de tudo e foi em vão, avance com um rebranding. Ele desperta o interesse de novos clientes e reacende o interesse dos que já tinha, trazendo a marca gasta e ultrapassada de volta à vida com um novo propósito e um novo estilo.

2. Baixa conversão
Regista taxas de rejeição elevadas? Não consegue atrair leitores assíduos nem novos clientes? Algo está seguramente a falhar, por algum motivo os visitantes não se sentem vinculados à marca ou ao que ela oferece. É altura de mudar.

3. Estagnação das encomendas
Este ponto acaba por estar relacionado com o anterior, porque os clientes tendem a tomar decisões rápidas em função da imagem e da informação que a marca e o seu site transmitem.

4. Novo rumo do negócio
Se os valores, a missão e os objetivos da marca mudaram, a imagem que ela transmite tem de ser coerente com essa mudança, caso contrário, como espera criar e manter uma relação de confiança com os seus clientes?

[img]http://asset.youoncdn.com/26d182415586827dc0b898d7b73b788e/41e7d0d219816f8db34d21a6df39fbf7.jpg[/img][label]Criação da Marca “WTF”, pertencente ao grupo de de comunicação e entretenimento “NOS”, 2016.[/label]

[img]http://asset.youoncdn.com/26d182415586827dc0b898d7b73b788e/56725681b717f510768dcc0faea6089d.jpg[/img][label]Campanha promocional da Marca “WTF”, 2016.[/label]


5. Atrair os clientes errados
Este é talvez o sinal mais evidente de que precisa de um rebranding. Imagine-se na pele de um designer freelancer cuja clientela não está disposta a investir no design de um site, por achar que é um serviço caro ou um luxo. É, pois, o momento certo para olhar para a frente e procurar um target com outra visão e ambição de negócio.


6. Não se identifica com a sua marca
A sua marca tem de ser construída à imagem daquilo que a empresa e as pessoas que a constituem, são nos dias de hoje. Se isso não ocorre deixa de existir orgulho e paixão pelo pela marca e esse facto irá transparecer.


7. Imitar a concorrência
Talvez tenha levado a sua admiração longe demais. Repense o posicionamento da sua empresa no mercado e procure diferenciar-se.


8. Mudança de nome
Quando surgem fusôes, o nome da marca pode ter de mudar. É também tempo para examinar o futuro da sua marca.


9. Miscelânea
Ao longo dos anos, a marca tornou-se uma miscelânea de ferramentas de comunicação. Precisa de uma aparência consistente.


10. Atordoado e confuso
Se os seus clientes não entendem o seu produto ou serviço, pode ter chegado o momento de fazer rebranding.


11. Irrelevante
Os seus produtos estão a tornar-se globais e adquiriu profundos insights sobre novos caminhos dos clientes. Faça rebranding para combinar com o seu novo público.


12. Tornar-se global
Os seus produtos estão a tornar-se globais e adquiriu profundos insights sobre novos caminhos dos clientes. Faça rebranding para combinar com o seu novo público.


13. Reputação manchada
Algo aconteceu para mudar a percepção da sua marca como confiável e credível.


14. Inovação
A tecnologia está em constante mudança. Uma atualização rápida da marca irá mostrar que a empresa está sempre a inovar-se.

[img]http://asset.youoncdn.com/26d182415586827dc0b898d7b73b788e/4275580c570c7dfb12964aa38a64cac8.jpg[/img][label]Rebranding “Instagram”. 2016[/label]


15. Momentum
Está a lançar um novo produto ou serviço? Deve fazer o rebrand para promover a dinâmica interna e externamente.

O processo de Rebranding exige uma análise bastante cuidada sendo necessário perceber se estamos perante um caso em que é importante manter uma identidade com a história da empresa e o seu percurso, mas fazer uma atualização e evolução da imagem, dos processos, ou de toda da estratégia; se estamos perante um caso em que é necessário dar resposta a uma crescimento da marca para novos mercados, através da internacionalização ou do lançamento de novos produtos/serviços; ou se é necessário fazer uma rutura com o passado como resposta a algum problema que tenha ocorrido com a marca. Descubra os 6 passos fundamentais para fazer um Rebranding eficaz ao seu negócio.

head-porque-deve-fazer-um-rebranding-a-sua-marca.jpg